Avançam as obras da estação de bombeamento de Port-au-Prince (Haiti)

 Avanam as obras da estao de bombeamento de Port-au-Prince (Haiti)

A Incatema Consulting continua a avançar com as obras da estação de bombeamento de Port-au-Prince, no Haiti, que consistem no equipamento e ligação à rede da Região Metropolitana de Port-au-Prince (RMPP) de oito poços, situados em ambas as margens do leito da Rivière Grise, executados nos municípios de Croix des Bouquets (na margem direita do rio) e de Pétionville (na margem esquerda).

Os trabalhos prioritários para o reforço da produção de água potável numa parte da capital do Haiti estão a evoluir com a construção simultânea das condutas que levam a água dos 8 poços para a estação de bombeamento e daí para diferentes áreas de Port-au-Prince.

O caudal esperado destes oito poços é de 32 000 m3/d, com um caudal médio unitário de 4000 m3/d (de 3750 a 4800 m3/d). Os poços são bombeados até à Estação de Bombeamento de Tabarre, situada no referido município e composta por dois postos que assegurarão o bombeamento até dois depósitos: um situado em Delmas, que receberá um caudal com pelo menos 32 000 m3/d, e outro em Vivy Mitchell, em Pétionville, cujo caudal aproximado será também de 32 000 m3/d numa primeira fase, com a previsão de alcançar 45 000 m3/d numa fase posterior.

O depósito de Vivy Mitchell contará com um volume de regulação de 2000 m3 e será construído a uma altitude de 236 m. Numa primeira fase, será utilizado para alimentar por gravidade, através da condução de distribuição Vivy Mitchell, a parte baixa da rede sobre esta zona. Servirá também como caudal de emergência e como caudal adicional face à rede alimentada pelas nascentes de Tunnel Frères e Doco, obtendo-se assim cerca de 8000 m3/d adicionais.

Prevê-se que 6 dos 8 poços funcionem em simultâneo, o que representa um valor de 24 000 m3/d.

Nas palavras do Diretor de infraestruturas da Incatema, Fernando Díaz: “esta obra representa uma contribuição muito importante para a melhoria das condições de vida da população da zona, dado que aumenta consideravelmente a salubridade e a regularidade da água potável fornecida”

A Incatema já havia triplicado o caudal da estação de bombeamento de Mariani, tal como descrito nesta notícia.

Incatema © 2013 | ALL RIGHTS RESERVED
Incatema consulting